Origem do Homem
 Evolução Humana
 Tempo Histórico
 Períodos da História
 Grandes Civilizações
 Descobrimento do Brasil
 Território Brasileiro
 Três Poderes
 Guerra do Paraguai
 Guerra Fria
 Primeira Guerra Mundial
 Segunda Guerra Mundial
 Revolução Russa
 Guerra dos Canudos
 Revolução Farroupilha
 Inconfidência Mineira
 Laifis de História
 Mais Conteúdos [+]

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Simulados On-line
 Jogos On-line

 Área dos Professores
 Atualidades
 Profissão Historiador
 Dicionário de História
 História Ilustrada
 Personalidades Históricas
 Resumos

 Curiosidades
 Lendas & Mitos
 Links Úteis
 Datas Comemorativas
 Efemérides
 Hoje na História
 Indicação de Livros
 Indicações de Filmes
 Vídeos
 Textos dos usuários
 Hinos
 Mapas Históricos
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Erasmo de Roterdã


Escritor holandês (1466-1536). Suas idéias humanistas deixaram marcas importantes no pensamento liberal e progressista do Renascimento.

 

O sábio e estudioso holandês Erasmo de Roterdã (ou Desidério Erasmo) foi um dos primeiros autores de grande vendagem no mundo. Ele adquiriu sua fama durante o Renascimento, período em que houve um incrível despertar da arte, do pensamento e da literatura, que resgatou a Europa da escuridão intelectual vigente na Idade Média. Embora no Renascimento muitas pessoas tenham redescoberto a literatura clássica grega e romana, e reconsideravam o pensamento clássico, o período também buscava inovações e invenções. As universidades se espalharam pela Europa e houve uma grande onda de disseminação de idéias, possibilitada pelo surgimento da prensa de Gutenberg, em 1450 e pelo nascimento da indústria de publicações.


Nascido em Roterdã, as idéias humanistas de Erasmo sintetizaram o pensamento liberal e progressista do Renascimento. Ele estudou na Holanda e em Paris antes de viajar, em 1498, para a Inglaterra, onde estudou grego na Universidade de Oxford. Seu primeiro tratado teológico, o Manual do Cavaleiro Cristão, foi publicado em 1503, pouco antes de ele partir para Veneza e Roma, onde seria recebido pelo papa Júlio II.


Erasmo voltou para a Inglaterra e se tornou um dos favoritos da corte do rei Henrique VIII (1491-1547). Continuou a viver na Inglaterra por quase uma década, antes de retornar para o continente europeu em 1517. Primeiro fixando residência em Louvain e depois em Basel, na França.


Os escritos de Erasmo eram populares devido à sua imaginação inteligente e ao seu estilo claro e descritivo. Embora isso fizesse com que ele atraísse um grande número de inimigos poderosos em função de suas sátiras. Entre seus trabalhos mais importantes estão o Elogio da Loucura (1509), no qual a "loucura" discursa para uma audiência imaginária composta por pessoas de vários tipos; De Duplici Copia Verborum et Rerum (1511), um texto de retórica para os estudiosos do latim; Os Pais Cristãos (1521); Colóquios Familiares (1516-1536); De Libero Arbitrio (1526), um panfleto satirizando Martinho Lutero; As Navegações dos Antigos (1532), uma série de contos; e Preparação para a Morte (1533).

 

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2009-2014 Só História. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.