Origem do Homem
 Evolução Humana
 Tempo Histórico
 Períodos da História
 Grandes Civilizações
 Descobrimento do Brasil
 Território Brasileiro
 Três Poderes
 Guerra do Paraguai
 Guerra Fria
 Primeira Guerra Mundial
 Segunda Guerra Mundial
 Revolução Russa
 Guerra dos Canudos
 Revolução Farroupilha
 Inconfidência Mineira
 Laifis de História
 Mais Conteúdos [+]

 Exercícios Resolvidos
 Provas de Vestibular
 Simulados On-line
 Jogos On-line

 Área dos Professores
 Atualidades
 Profissão Historiador
 Dicionário de História
 História Ilustrada
 Personalidades Históricas
 Resumos

 Curiosidades
 Lendas & Mitos
 Links Úteis
 Datas Comemorativas
 Efemérides
 Hoje na História
 Indicação de Livros
 Indicações de Filmes
 Vídeos
 Textos dos usuários
 Hinos
 Mapas Históricos
 Fale Conosco

 
Busca Geral

 

Cristóvão Colombo


Navegador genovês (1451-1506). Descobriu a América e acabou ligando a Europa ao Novo Mundo.

 

Cristóvão Colombo foi o primeiro homem a comprovar o que muita gente, em sua época, já desconfiava: o mundo, na verdade, tinha uma forma esférica. Ele acreditava ser possível viajar para o leste ou para o oeste e acabar retornando ao ponto de partida. Colombo nasceu em Gênova, cidade portuária no norte na Itália, onde cresceu circulando entre navios e marinheiros. Naquela época, o comércio europeu com o Extremo Oriente, praticado principalmente por mercadores venezianos que seguiam a rota descoberta por Marco Pólo, estava florescendo. O problema é que o caminho terrestre de pólo era extremamente longo e difícil.


Alguns navegadores, como Colombo, acreditavam na possibilidade de que o mundo era esférico e estavam convencidos de que poderiam chegar ao Oriente, no leste, viajando para oeste.


Hoje, sabemos que o mundo é, de fato, uma esfera com grandes massas de terra nos hemisférios oriental e ocidental. Mas, na Europa, até a época de Colombo, em geral, acreditava-se que a Terra fosse achatada como um prato e quem navegasse para muito longe no oceano acabaria caindo pela borda.


Colombo estava disposto a fazer a experiência – potencialmente mortal – de viajar a oeste para atingir o leste e saiu em busca de um governo que financiasse sua aventura. Os governantes das cidades italianas de Gênova e Veneza assim como de Portugal recusaram sua proposta. Ele procurou então o rei Fernando V de Aragão (1452-1516) e a rainha Isabel I (1451-1504) de Castela, na Espanha, que concordaram em fornecer três navios (Nina, Pinta e Santa Maria) e a tripulação necessária. Colombo zarpou do porto de Palos na Espanha, no dia 6 de setembro de 1492. Depois de uma viagem de cinco semanas, durante as quais seus marinheiros quase se amotinaram, no dia 12 de outubro de 1492 a expedição provavelmente onde hoje se localizam as Bahamas. Depois visitou o que atualmente corresponde aos territórios de Cuba, Haiti e República Dominicana.


Poucos fatos na história da humanidade foram tão importantes quanto a chegada de Cristóvão Colombo nas Américas. Importante: Colombo não "descobriu" a América, pois, quando ele chegou ao Caribe, que ele pensava ser a Índia, havia cerca de nove milhões de nativos no hemisfério ocidental. Estes, no entanto, não tinham a menor idéia de que houvesse um hemisfério oriental, assim como os europeus nem desconfiavam da existência de um continente a oeste. Os dois hemisférios eram tão diferentes e independentes como se realmente existissem em planetas separados. O grande feito de Colombo foi uni-los.


Colombo retornou à Espanha em 15 de março de 1493 e fez outras viagens de colonização em 1493, 1500 e 1502. Em 1506 ele morreu, ainda acreditando que atingira a Ásia. Suas descobertas foram tratadas com entusiasmo pelas autoridades espanholas, que fizeram um tremendo esforço na exploração e colonização das terras recém-descobertas. Para elas, na verdade, Colombo havia mesmo descoberto um "Novo Mundo".

 

Curta nossa página nas redes sociais!

 

 

Mais produtos

 

Sobre nós | Política de privacidade | Contrato do Usuário | Anuncie | Fale conosco

Copyright © 2009-2014 Só História. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Virtuous.