Você está em Ajuda > Biografias

Leonel Brizola

Político gaúcho (22/1/1922-). Um dos principais líderes da esquerda trabalhista no Brasil. Nascido em Carazinho, de família pobre, Leonel de Moura Brizola trabalha como engraxate e ascensorista. Forma-se em engenharia em 1949. No ano seguinte casa-se com Neuza Goulart, irmã de João Goulart, futuro presidente da República. Seu padrinho é o então presidente Getúlio Vargas.

Filia-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), é deputado federal em 1954 e, no ano seguinte, prefeito de Porto Alegre. Eleito governador do Rio Grande do Sul em 1958, estatiza empresas multinacionais e inicia o processo de reforma agrária. Após a renúncia de Jânio Quadros (1961) chefia a campanha pela posse do vice-presidente João Goulart, que os militares queriam impedir.

Em 1962 elege-se deputado federal pelo estado da Guanabara, sendo o candidato mais votado do país. Resiste ao Regime Militar de 1964 e é cassado. Exila-se no Uruguai, de onde é expulso em 1977. Muda-se para os Estados Unidos e em seguida para Portugal. Com a anistia de 1979, volta para o Brasil. Tenta reorganizar o PTB, mas perde a sigla numa disputa com outros trabalhistas na Justiça Eleitoral.

Funda então o Partido Democrático Trabalhista (PDT), pelo qual se elege governador do Rio de Janeiro em 1982 e em 1990. É o candidato do PDT à Presidência da República em 1989 e em 1994. Em 1998 é candidato à Vice-presidência, na chapa de Luís Inácio Lula da Silva.

Como referenciar: "Leonel Brizola" em Só História. Virtuous Tecnologia da Informação, 2009-2018. Consultado em 21/05/2018 às 11:51. Disponível na Internet em http://www.sohistoria.com.br/biografias/brizola/